Uzodinma Iweala – Feras de Lugar Nenhum

Ana,

a mesma amiga que me indicou o Hibisco Roxo indicou também esse romance do nigeriano Uzodinma Iweala. Eu fiquei espantadíssima de saber que ele lançou o livro com apenas 23 anos de idade (não por causa da idade em si, mas pela densidade da escrita) :-O

Feras de Lugar Nenhum é um livro violentíssimo, não somente por ser ambientada numa época de guerra. O personagem principal, Agu, é arrancado violentamente da sua família, da escola e do convívio com seus amigos, e pelas circunstâncias acaba se tornando uma criança-soldado (já começa o nó na garganta daqui), jogado na violenta realidade de um exército faminto e descalço, de um sol escaldante e de um verão onde faz calor até mesmo a noite e você acha que vai enlouquecer por causa dos mosquitos.

Esse livro, Hibisco  Disgrace me despertaram sentimentos parecidos, talvez por mostrarem histórias, como você colocou, difíceis de aceitar. Lá no fundo você quer que Agu reencontre a família, apesar de sabermos que o pai está morto, e que de repente chegue a notícia de que a guerra acabou e que o menino possa voltar pra escola e pros livros que ele tanto gostava. Mas não há redenção. Não há um deus ex-machina. É tudo cru, duro, cruel. Tudo piora. Você tem que ir parando às vezes pra tomar ar, em trechos como o que ele conta que, por ser pequeno e as armas serem poucas, ele tem que usar um facão pra matar; ou que ele narra uma cena horrível de assassinato de uma mãe e uma filha de colo; ou quando ele e um amigo são abusados sexualmente pelo comandante da tropa.

É tudo feio, é tudo sem esperança e, o pior, é tudo muito verossímil. É um livro curto (menos de 200 páginas), mas nada sobra ou falta, e a dose de realidade é cavalar, mas altamente recomendável.

Então digo a ela, se eu contar todas as coisas que fiz, você vai pensar que eu sou uma espécie de fera ou diabo. […] E digo a  ela, tudo bem. Sou todas essas coisas. Sou todas essas coisas, mas uma vez já tive uma mãe, e ela me amava.

– Anna

Anúncios

Uma resposta em “Uzodinma Iweala – Feras de Lugar Nenhum

  1. Pingback: Alison Bechdel — Fun Home | Ana, leu isso?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s