José Saramago – A Viagem do Elefante

Ou: um post descarado, no meio do mês seguinte, sobre um livro que forcei a barra para terminar de ler. Ou ainda: desafio quase fail.

Anna,

Desta vez achei que não ia conseguir. Foi duro terminar de ler o livro de “chick lit”, lá no desafio passado. Mas, por mais inacreditável que pareça, foi duro terminar “A Viagem do Elefante”.

Quando pensei no livro a ler para o desafio, parecia óbvio e quase infalível recorrer a Saramago. Uma chance de ler mais um livro deste autor fabuloso, assim, fácil? Logo depois de ler o excepcional Caim? Não poderia perder! Não sei bem o que me levou a escolher esta obra em particular. Talvez o fato da minha mãe adorar elefantes, e a perspectiva de viajar novamente com ela na semana passada? Honestamente, acho que foi isso. E isso obviamente NÃO é motivo para escolher um livro. (“I’ll only buy a book for the way it looks, then I’ll stick it on the shelf again”).

O livro narra a história do elefante Salomão, comprado pelo rei Dom João III de Portugal, para impressionar seus súditos, e depois presenteado ao arquiduque da Áustria, já que o elefante não impressionava mais nenhum português e tinha virado um belo estorvo. A viagem entre os dois países europeus é longa e tem seus momentos interessantes e poéticos. As criticas à humanidade, sempre tão presentes na obra de Saramago, também são vistas aqui, de forma contundente.

Não é que o livro seja RUIM. Algumas passagens são verdadeiramente brilhantes, como seria de se esperar do autor. Mas…. a verdade é que achei chato. A história de fundo, ainda que não seja importante, é tão besta que irrita. A metáfora da vida humana é talvez evidente demais, e a falta de sutileza me entediou. Não sou de reclamar de tamanho do livro, óbvio, mas este poderia ter 100 páginas a menos. Fácil. E provavelmente ainda seria… blé.

Anúncios

Uma resposta em “José Saramago – A Viagem do Elefante

  1. Esse livro nunca tinha me chamado tanto a atenção, então acho que vou passar 😛
    Do Saramago, não consegui ler o Memorial do Convento, achei chatão 😦

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s