Douglas Coupland – All Families Are Psychotic

Anna,

para o desafio, tinha me proposto a ler Generation X, do Douglas Coupland, porque não queria ler Nick Hornby ( ❤ ❤ ❤ ) de novo. Comecei. Minha versão estava malformatada e, a bem da verdade, eu estava achando o livro meio bleh. Então resolvi trocar por outro do mesmo autor! 😀 #caradepão

Com um título extremamente apropriado pro momento atual (hihihi #sutilezas), All Families are Psychotic é um livro bacana. A família Drummond, de Vancouver, é formada por vários membros bizarros. O pai Ted (que gastou toda a grana da família) se divorciou da mãe Janet (uma ex-sem-graça que descobriu a internet) e está namorando com uma garota vários anos mais nova, Nickie. O filho mais velho, Wade, é um ex-porra-louca que trabalhava com contrabando biológico/farmacêutico. Sarah, a filha do meio, é o oposto do estereótipo de filha do meio: é bem ajustada, super inteligente, vai pro espaço com a NASA e….. nasceu sem uma mão, vítima da talidomida. Finalmente, Bryan, o filho mais novo, é depressivo, tentou se suicidar três vezes, e está namorando uma garota que resolveu trocar de nome para… SHW.  E esses são só os personagens principais! Tá acompanhando até aí? 😛

Depois de vários anos sem se ver direito, todos se reúnem na Flórida para acompanhar o lançamento da missão espacial de Sarah. Nesse momento, você fica “ok, astronauta sem uma mão, vou relevar”. E, na boa, esta foi a parte MENOS implausível do livro! Hahahah!  No livro tem de tudo: venda de bebês, contrabando, mafiosos da indústria farmacêutica, AIDS, Disney World (!!!)… é uma salada.  Mas a evolução de Janet – de uma bestinha padrão pra uma mulher razoavelmente forte e dona da própria vida – é bem-construída. Ela talvez seja a principal personagem do livro, mas no meio de todo o caos… sei não. 😀

Quanto ao título, duas passagens bacaninhas e, na minha opinião, extremamente verdadeiras:

 “You should see my family. Every single one of us is psychotic.”

“All families are psychotic, Wade. Everybody has basically the same family – it’s just reconfigured slightly different from one to the next. Meet my in-laws one of these nights.”

“People are pretty forgiving when it comes to other people’s family. The only family that ever horrifies you is your own.”

Acho que a definição perfeita do livro você deu na sua resenha do Desafio: “Não é um livro ótimo, mas é um livro facinho de ler, bom pra distrair :)”

Anúncios

Uma resposta em “Douglas Coupland – All Families Are Psychotic

  1. Pingback: Desafio Literário – Novembro « Ana, leu isso?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s