O Diabo Veste Prada – Lauren Weisberger

Ana,

DELS, que desafio mais desafio do mundo! Achei, pela primeira vez, que não ia conseguir terminar o tal do livro.

Eu tinha visto o filme e não lembro de quase nada — só da Meryl Streep perfeita. Que, aliás, é a grande diferença entre o livro e o filme.

Miranda Priestly é a chefe que inferniza a vida da sua assistente Andrea Sachs – uma menina recém saída da faculdade, procurando se encontrar no mercado editorial e que vai parar na maior revista de moda do mundo, a Runway (referência à revista Vogue). A Miranda do filme é aquele tipo de vilã tão bem montado, tão bem feito que todo mundo gosta. A do livro é uma VACA com todas as letras, e te faz morrer de raiva dela em todas as páginas.

O início do livro foi muito sofrido. De um tanto que, se não fosse pelo desafio, eu não teria lido (que o diga essa resenha SUPER atrasada). Chato, arrastado, água com açúcar, repetição de “fulana usava bolsa Prada, óculos Gucci etc.” até dar vontade de enfiar agulha nos olhos. O restante do livro não melhora muito, como era de se esperar, mas dá pra aguentar depois que já fomos tão longe. Já lá pra metade eu entendi a proposta da autora: fazer a gente ver que inferno de vida a menina leva. Ela passa páginas e páginas tomando esporro e levando a roupa da chefe pra lavar, ouvindo que tá gorda, que 38 (oh, god) é acima do padrão, que como assim ela usa tênis e moletom. Perde a amiga, perde o namorado, perde o nascimento do primeiro sobrinho. É feita de escrava por uma mulher completamente mimada e infeliz, e tem que ficar ouvindo que “mil garotas dariam a vida pelo seu emprego”.

A leitura não é imperdível, não indico pra ninguém, mas não mata. Exatamente como o filme.

O livro está um degrauzinho acima do filme porque, no meio de um desfile de moda esperadíssimo por todas, em Paris, na frente de todos e depois de sofrer uma pressão dos infernos durante 11 meses, em crise com os pais, o namorado e com a melhor amiga em coma depois de um acidente de carro, Andrea vira pra Miranda e diz “foda-se”. Virou heróia. Coisa que cortaram do filme, que consegue ter um final mais bobo que o do livro (que é bem mongo).

Anúncios

2 respostas em “O Diabo Veste Prada – Lauren Weisberger

  1. Pingback: Desafio Literário – Outubro « Ana, leu isso?

  2. Pingback: Balanço do Desafio 12/13 | Ana, leu isso?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s