Orson Scott Card – Ender’s Game

[Antes de começar a resenha, um disclaimer aos dois leitores (imaginários) do blog. Meu Kindle cometeu novamente suicídio, o da Annara não quis aceitar o livro que ela queria ler. Esses bichinhos são temperamentais! Daí o atraso, sorry pipou].

Anna,

Com o desafio, percebi que nunca tinha lido nada de ficção científica além de … sei lá, Guia do Mochileiro das Galáxias, que não será resenhado neste blog no momento (porque eu só escreveria “MUITO FODA! PARA TUDO E VAI LER! ÉPICO! FODA! UHU!). [Editando: com o post da Anna, percebi que muitas coisas que li entram na categoria “ficção científica”, a pessoa aqui só tinha pensado em alienígenas – desculpem a lerdeza]

Visando corrigir esta falha (eike burocracia), resolvi ler Ender’s Game. Antes de ler, sabia apenas que se tratava de um livro sobre “combate a uma invasão alienígena”. Parece simples, né? Ender’s Game é tudo, menos simples.

A história se passa no futuro, após a segunda batalha contra os alienígenas. Os humanos perderam a primeira, ganharam a segunda por muito pouco, e estão se preparando para a terceira. A humanidade fala uma língua comum, e o conceito de país parece ter saído de cena. Natural após duas batalhas contra ETs…. 😀

As crianças mais “talentosas” da Terra são levadas para a Battle School, um centro de treinamento militar fora do planeta. Ender, o mais novo de três irmãos, é visto como a última esperança da Terra para comandar as naves da Tropa Internacional. Mas ele não sabe disso.

“Human beings are free except when humanity needs them. Maybe humanity needs you. To do something. Maybe humanity needs me – to find out what you’re good for. We might both do despicable things, Ender, but if humankind survives, then we were good tools.”

No treinamento, que vocês já sabem, é árduo e comovente, aprendemos junto com Ender um pouco sobre a espécie que vamos enfrentar: os buggers. Os alienígenas não apenas se parecem com insetos. Eles pensam como insetos, e agem como insetos. Com uma tecnologia sensacional, óbvio.

Ender é treinado ao extremo. Exploração de menores parece brincadeira perto do que acontece na Battle School. Enquanto o menino de seis anos vai se transformando em comandante militar, seus irmãos Peter e Valentine, que também tinham sido vistos como “esperança da Terra” em algum momento, percebem os problemas políticos que uma pseudo-paz “vamos derrotar o inimigo comum” mascara. E resolvem agir.

A batalha final é épica e, de uma certa maneira, assustadora. Mas eu falei que o livro era bom? Não, ele é ótimo. A história continua, e o leitor aprende muito sobre os alienígenas. E fica muito satisfeito em saber que o autor se empolgou e escreveu mais livros! 🙂

Ender’s Game é, em sua essência, um livro sobre crianças que, pela guerra, não puderam ser crianças. E faz você lembrar que este cenário, infelizmente, não é ficção científica.

A quota “ficção científica” é bem trabalhada, com descrições detalhadas da fantástica tecnologia da Battle School, seus simuladores de guerra e videogames que lêem mentes e “improvisam”. O livro, escrito em 1985, fala em “redes de comunicação eletrônica global” – internet, é você? E as naves contam com  “ansibles”, uma forma de comunicação imediata que replica o funcionamento do corpo – um cérebro dando instruções para os membros. 😮

Resumindo: leia, leia, leia! 😀

Anúncios

6 respostas em “Orson Scott Card – Ender’s Game

  1. #vergonhadouniversogeekmesmo Eu acho que não consegui capturar METADE do espírito do livro, é muito bom mesmo com força mais mais plus plus. xD

  2. quero ler mais livros de alienígenas. por falar nisso, um amigo meu lê muito Steampunk, mas eu nunca li nada O_o acho que vou começar a procurar algo.

      • pedirei e farei uma lista! \o/
        também já tou pensando no próximo desafio, isso sim é um motivo digno pro mundo não acabar 😀

  3. Pingback: Desafio Literário – Agosto « Ana, leu isso?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s